2/05/2006

O Céu não basta

«Esta poesia é fascinante porque não é arbitrária e derramada (...) é uma poesia precisa, exacta, construída linha a linha e com camadadas de sentido que exigem decididamente uma close reading» escreve o Pedro Mexia no suplemento cultural do Diário de Notícias acerca d`«A Festa do Asno» e de «Gag Gad», do José Emílio-Nelson, entre outras recensões a outros livros de poesia para os quais também «o céu não basta».

Etiquetas: , , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home