6/06/2005

Esses Dias Continuados V

Na sequência da venda do meu livro a uma aluna do 8ºano , a sub-directora da escola veio-me dizer que a catraia tem-lhe pedido para falar comigo no sentido de que eu lhe devolva o dinheiro e chamado a atenção para eu lhe ter dito que o facto de ter autografado o exemplar iria obstar à devolução.

À criança - como a um ébrio, a um poeta ou a um apaixonado - eu até concedo o meu perdão. A patroNATA é que não merece desculpa nenhuma por meter-se num barulho aonde apenas o seu silêncio foi chamado.

Etiquetas: ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home